quarta-feira, 30 de março de 2005

to scratchy

Um coxo e um fanhoso vagueavam sem destino por um caminho deserto, nos arredores de uma qualquer aldeia, quando na sua frente lhes surge JC (Jesus Cristo, para os ateus que não perceberam).

JC - Meus irmãos, que tristeza vejo em vossas faces! Que amargura noto em vosso olhar! Dizei-me, que vos faz faltar o brilho nesses rostos?
Coxo – Eh.. eu cá sou coxo.. tenho um problema numa perna desde que nasci e nunca consegui andar bem. As gentes da aldeia gozam comigo desde que sou catraio. Tornei-me um homem infeliz..
Fanhoso – Ehum sô fanhonsso.. Nhinghem fahla cumihgu punrque nahum percehbem o queu digue..
JC – Meus irmãos, filhos de dEUS (gosto mais de escrever assim.. manias!), nosso Pai Eterno, tenham Fé! Acreditem em dEUS, nosso Pai e Criador, pois ele vos curará! Acreditem Nele pois Ele vos salvará! Caminhem até àquelas árvores, recolham-se na vossa imensa Fé e Ele chegará a vós. Ele vos guiará! Ele vos salvará! Ide cristãos!

E os pobres coitados lá foram. Já tinham tão pouco a perder, que não custava tentar.

Foram para o meio do arvoredo e lá ficaram a rezar com toda a sua Fé e Esperança. Passado algum tempo, numa voz triunfante:

JC - Coxo, levanta-te e anda! Fanhoso, fala!

E nisto, diz o fanhoso:

- O cohxo cahium..

1 inputs:

scratchy disse...

falo por antecipação: uma das razões pela qual não gosto desta "história" é a simples razão de não me ter deixado estar presente no (mais q provavel) próximo tema do teu blog.. tudo por causa de uma fisioterapeuta que mal me deixa andar.. Diz ela q é para o meu bem.. Melhoro do joelho, pioro do coração - é oficial (não sei se são as saudades, mas deu-me vontade de escrever para ti), a partir de hoje tb eu comento o teu blog.. boa viagem.. lá estarei à hora combinada.. *